10 de mai de 2017

Palestras no CESVP

Nas últimas semanas, nas turmas de 8º e 7º ano do Colégio Estadual Santa Vitória do Palmar, apresentei aos meus alunos o projeto Gibiblioteca, com palestra sobre quadrinhos, sorteio de gibis, momentos de leitura em sala de aula e jogo de perguntas e respostas sobre personagens. Eis as fotos:
















5 de mai de 2017

Leituras de Maio

Coleção Histórica Marvel: Os X-Men 7 - Saga da Ninhada - Chris Claremont e Dave Cockrum - Uma das melhores coisas que já li dos heróis mutantes. Apenas sensacional!!!




Super X 16 e 17 - Raridades que consegui comprar, de 1968 e 1969, em ótimo estado de conservação. Com histórias de Namor e Hulk, com participações de Surfista Prateado e Quarteto Fantástico (aqui chamados Os Quatro Fantásticos). Primeiras aparições do Surfista no Brasil. Na edição 16 é chamado HOMEM DE PRATA. No número 17 ele é chamado de ACROBATA DO COSMOS (na capa), ACROBATA DO COSMO (sem o S, no título da história), ACROBATA AQUÁTICO (na introdução), ACROBATA DO ESPAÇO (no meio da aventura). Pessoal da Ebal bem perdido... As histórias não são lá essas coisas, com roteiro ingênuo, mas valem por seu valor histórico!



Demolidor 11 - Terminando a fase de Mark Waid, que embora tenha tido seus momentos geniais, ( e alguns meio ridículos) bagunçou toda a vida de Matt Murdock, que desta vez, fica difícil recuperar uma identidade secreta... Eu pessoalmente já estava cansado da série, lendo sem muita vontade, mesmo que a qualidade tenha se mantido, com humor e ação!


Próximas leituras:





Condorito - edição que ganhei do amigo Janderson. Humor simples, mas bem legal. Incrível como isso vende nos países hermanos! Só se vê isso nas bancas!



Reli a minissérie "O Reino do Demônio" , de 1998, crossover entre Marvel e Top Cow. Comprei na época pela participação do Surfista Prateado, mas depois de tantos anos, reler não foi bom para minhas memórias. Além de ter apenas 8 partes publicadas das 12 edições que englobavam a trama, os diálogos são horríveis, o humor forçado, o roteiro fraco, e os desenhos exagerados ao extremo. Claro que há alguns belos painéis, (Michael Turner desenhando sua Witchblade, por exemplo), a opção de página dupla a cada 4 ou 5 páginas com duas personagens gostosíssississimas chega a ser vergonhoso de tão apelativo!!


Eis algumas imagens:

Desenho de Michael Turner

Mais uma bela página


Escolhi a aparição menos erótica de Cyblade e Elektra
 

5 de abr de 2017

Leituras de Abril

     Salvat Vermelha - Warlock - com o primeiro encontro do personagem com o Alto Evolucionário, já publicado na Saga de Thanos, mas agora com texto integral, o que realça o caráter bíblico da criação da Contraterra e o início da missão messiânica de Warlock contra o Homem-Fera. Também nesta edição as seis primeiras edições de Warlock e a Guarda do Infinito de Jim Starlin (que eu sonhava ler um dia). É a continuação direta de Desafio Infinito, pena que os desenhos não sejam dos melhores, nem o argumento dessas seis primeiras edições, com destaque para a primeira, com participação de Eternidade, Infinito e o Tribunal Vivo. Mesmo assim, edição magnífica.



    Thanos - Revelação Infinita - é Jim Starlin escrevendo e desenhando Thanos (eu prefiro Ron Lim nos desenhos), então não tem como ser ruim. Mas deixa um pouco a desejar, nota-se que sua liberdade é limitada, afinal, é apenas uma edição (dentro de uma trilogia que espero que saia em breve). Mas esta edição guarda surpresas ao leitor atento e vai requerer mais de uma lida para captar os detalhes e entender bem.




   Castelo de Areia - nas palavras de meu irmão Julian: "Não tinha conhecimento sobre do que se tratava, fiquei surpreso com o decorrer da história e do que essa HQ faz com nossa mente ao terminá-la. Fiquei vários minutos folheando e olhando os desenhos tentando compreender o que não tinha explicação. Nessa HQ nos deparamos com as analogias entre um castelo de areia e o conceito de vida/morte, e é ai que nossa mente trava, ficamos com aquela sensação entristecedora de que tudo está passando muito rápido em nossas vidas." Li  e achei muito interessante, também. Com a iminência do fim, cada um procura viver ao máximo e valorizar quem tem por perto... não temos muita escolha, não é verdade?




Salvat - Invasão Secreta - uma das primeiras megassagas cuja série principal não acompanhei, dou o braço a torcer pela qualidade desta edição. Marvel matando a pau, ação sem parar, sem muita enrolação e momentos empolgantes, com reviravoltas incríveis. Nota 10!



Finalmente terminei de ler Conan: O Libertador, contando quando o Cimério de Bronze se tornou o monarca da Aquilônia!!! Nota 10 esta edição gigante!!




Universo Marvel 5 - na capa: Guardiões da Galáxia, porque é o que dá Ibope (aff), e uma contracapa belíssima, comemorativa dos 50 anos do Surfista Prateado!!! Edição legalzinha, mas nada demais!!!


 


X-Men - Massacre de Mutantes - Uma série de histórias de X-men, Novos Mutantes, X-Factor, Quarteto Futuro e Thor, onde um grupo de assassinos chamados Carrascos chacinam sem piedade os Morlocks e quem se puser em seu caminho, inclusive muitos mutantes dos X-Men! uma saga violenta e deprimente, onde ação e suspense não faltam! Li pela segunda vez e novamente me empolguei! Nota MIL!


Guerras Secretas - A saga original, já comentada alguns anos atrás no blog. Clássico demais!!!



Demolidor 10 - muita ação em histórias bem humoradas, e o velho Matt continua tendo reviravoltas em sua vida!!!



Batman (Em Formatinho) 2 - edição de 1976 da Ebal, que ganhei de um amigo. Infelizmente faltam 2 páginas. Trazem histórias da década de 1940, primeiros anos do personagem, com seu parceiro mirim Robin em histórias ingênuas de detetive. E ainda uma história solo do Alfred 9ninguém merece)! Antes do título, no topo das páginas aparecem os personagens fazendo comentários...  - coisas da época!





MINHA FILHA LÍVIA DESENHOU O SURFISTA PRATEADO E UM BURACO NEGRO

29 de mar de 2017

Reportagens de Ticiano Osório

     Por alguns anos, desde 1997, época do lançamento da minissérie DC VS Marvel, eu lia o jornal Zero Hora e de vez em quando encontrava reportagens sobre quadrinhos e filmes relacionados com super-heróis, todas de um mesmo autor: Ticiano Osório. Poucos meses atrás, ao entrar num grupo no Facebook chamado Dinastia Comics, não é que vejo uma postagem do mesmo? Não pude deixar de comentar que lia seus artigos e especificamente o primeiro, que posto logo abaixo, onde ele faz uma crítica ao meu personagem favorito. Na época não gostei muito não, embora tivesse que dar o braço a torcer depois de ler o gibi, pois o que acontecia era que autores mais novos tentavam emular o estilo do escritor clássico do personagem, sem ter muito sucesso... Quanto ao jornalista, sempre foi muito simpático comigo e espero que veja esta postagem. 
    Até mais ou menos 2003, o acesso à Internet  era limitadíssimo, e as mídias impressas, como jornal e revistas especializadas ainda eram o caminho principal para os fãs saberem dos lançamentos de quadrinhos e filmes... então era uma alegria para mim topar com esses artigos!


Eis algumas páginas que guardei dessa época:





FALANDO MAL DO SURFISTA PRATEADO DE NOVO?




CRÍTICA AO FILME COM SURFISTA PRATEADO!!! VOU TER QUE ME INCOMODAR...

14 de mar de 2017

Leituras de março

   Voltando a trabalhar, e a assistir séries e filmes, diminui o tempo de leitura, mas:  

Salvat Vermelha - Shang Chi: pena que por causa dos direitos autorais a Marvel não possa republicar material clássico do personagem, tudo por causa do Fu Manchu. Essas histórias da edição que li, parte da saga Ilha Aranha, misturada com personagens da saga do Punho de Ferro, e mesmo as outras da série Deadly Hands Of Kung Fu estão bem fracas, mas não chegam a ser ruins, apenas dispensáveis...
Nem aos pés do material dos anos 70, publicadas em Heróis da TV e Superaventuras Marvel:




Salvat Vermelha - Polaris - nunca achei nada demais nessa personagem, que embora chamasse a atenção pelo visual nos anos 90, sempre esteve meio apagada no meio dos X-Men. Talvez eu não tenha lido alguma HQ importante com ela, mas esta edição não ajudou nada a mudar minha opinião. A origem dela é sem graça, falam e falam dos poderes dela e quase nem usa em 4 histórias!!! E a série "Não só mais um título X" é exatamente o que clama não ser! Mais uma revista mutante sem muita graça!!! Aff...






Universo Marvel (série 4) nº 3 e 4 - adquiri para acompanhar o Surfista Prateado, que continua com histórias interessantes nas mãos de Dan Slot e Mike Allred. NO número 5 teremos Surfista VS. Shalla bal? BOHHH!! As outras histórias são bem dispensáveis, mas pelo menos temos um mix mais centrado, todos com temas espaciais. Venom tem uma arte legal, Nova tem um traço que incomoda, odeio esse uniforme! Guardiões do Infinito até legal, mas como odeio modinhas, não aguento mais ver os Guardiões e Rocky Racum em tudo que é lugar (é o Wolverine da vez!). Fabulosos Inumanos, nem lembro o que li ontem, assim como o "Torneio de Campeões". 





X-Men 2 - Adaptação Oficial do Filme: Embora seja bem fiel ao roteiro do filme (poucas alterações), são tantos cortes de cenas que parece o filme quando passa na Sessão da Tarde, mas dessa vez como se tivessem apenas uma hora... kkkk.



    Começo a ler a edição da Salvat Surfista Prateado - Origens e vejo os mesmos erros da edição Biblioteca Histórica Marvel, como este no quadro abaixo: a falta da palavra "NÃO" na fala de Norrin Radd, o que estraga o belíssimo texto de Stan Lee: "... se eu não fosse merecedor..." é o correto, senão fica confuso e sem sentido.





Outros erros:

ENTRANHO (ESTRANHO)

SERRA (CERRA)

FORÇA (FORMA)


Doutor Estranho: Shamballa - lindo conto ilustrado com pinturas belíssimas, o texto quase todo sem balões, e uma história de fantasia e magia que acima de tudo, faz pensar! Uma obra prima? A meu ver, sim!