28 de fev de 2012

Homem-Aranha e Seus Incríveis Amigos

       Hoje não falo de gibis, especificamente, mas relembro um dos desenhos que eu mais gostava quando era criança, que dá o título desta postagem. Andei assistindo os 24 episódios do clássico desenho de 1983, onde o aracnídeo trabalha junto com o Homem de Gelo (ou Homem Gelo) dos X-Men e Flama (na antiga dublagem acho que era Estrela de Fogo – que é o nome original). Claro que nas aventuras do trio, pela época, há muita ingenuidade e situações vexatórias. A heroína Flama, com seus poderes de fogo, foi criada primeiramente neste desenho e depois foi aparecer nos quadrinhos da Marvel, na equipe dos Novos Guerreiros. Na animação ela é a cara da Mary Jane, namorada de Parker nos gibis da época.
      Em episódios de mais ou menos 25 minutos, o trio enfrenta inimigos clássicos do Aranha como o Duende Verde, Kraven O Caçador, Mistério, Rei do Crime, Homem-Areia e também inimigos de outros heróis da Marvel, como o Dr. Destino (do Quarteto), o Fanático e Magneto (dos X-Men), Caveira Vermelha (Capitão América). Foi criado para a série o ridículo Videoman.

Muitos heróis também fazem suas participações – na maioria das vezes inúteis, já que o Aranha resolvia tudo: Capitão América, Hulk, Thor, Dr. Estranho, Namor e uma aparição-relâmpago do Homem de Ferro. Destaque para o primeiro espisódio, onde os personagens vão a uma festa a fantasia onde todo mundo está vestido de herói. Aparecem várias figuras da Marvel dançando, hehe.
     Na série, Peter Parker e a Tia May alugam quartos para Bobby Drake e Angelica Jones, identidade dos amigos do Aranha. No quarto, ao moverem uma estátua, os móveis giram e o laboratório deles aparece, com passagem secreta e tudo. Ah, e ainda tem a participação da cadela Senhora Leoa.


O interessante desta série são as piadas que Bobby e Peter fazem, sempre provocando um ao outro e sempre dando em cima de Angélica. Eles são amigos mas disputam o coração da heroína, formando um triângulo amoroso. Ela sempre trata bem os dois, não demonstrando preferência, e sempre comenta sobre suas saídas com outros caras. Dois romances inclusive aparecem na série, um ex que agora virou uma ameaça e ela “fica” com o herói japonês Fogo Solar. Num certo episódio o Homem de Gelo chega a dizer pro Homem-Aranha algo como: Você gosta muito dela, né? É, eu também, mas fogo com gelo não combina. Por que você não fala pra ela? O Aranha responde: Porque se ela disser não, adeus Amigos do Aranha. E essas discussões aconteciam sempre enquanto lutavam ou se preparavam pra ir atrás do inimigo.
       Além disso, ao entrar em ação, Flama e Homem de Gelo se transformavam rapidamente enquanto o Aranha demorava mais, tendo que trocar de roupa, o que era engraçado. A dublagem antiga foi alterada, colocaram no Homem-Aranha a voz do desenho dos anos 90. Não lembro das vozes antigas, mas a de Bobby está muito engraçada agora. Eles está sempre falando bobagem e às vezes chega admitir que fala demais ou que não foi feliz com sua piada.





     Não lembro bem o ano nem o programa em que passava esse desenho na Globo. Bem que podia passar de novo, a criançada ia se divertir muito e sair gritando como os heróis: Amigos do Aranha, vamos nessa!

23 de fev de 2012

ESPAÇO GIBIBLIOTECA

        Um espaço para leitura e empréstimo de livros e revistas em quadrinhos. Localizado na Rua Marechal Deodoro nº 1189, em Santa Vitória do Palmar-RS. A princípio estará aberto apenas aos sábados. Compareça, prestigie. Faça seu cadastro e boa leitura! No youtube: http://www.youtube.com/watch?v=OMAQJc-Wkr0









           Edições raras, super-heróis, mangás, turma da Mônica, Disney, livros infantis, Tex, títulos diversos... tudo para compartilhar com quem gosta de ler!


19 de fev de 2012

Diversidade

      Algumas edições diversificadas que fazem parte do acervo do Projeto Gibiblioteca, que trará novidades em breve:

      Alfarrabista 1 - Revista produzida em Pelotas-RS, com ótimas histórias, destaque para a que ilustra a capa, que homenageia os artistas de rua. Embora seja a mais curta, considero a melhor.



      Pantera 4 - aventuras de detetive, quadrinhos (mexicanos acredito) bem legais. Tem até uma série de TV do personagem. De Daniel Muñoz e Jorge Ponce.



     
      Raio Negro 1 - com as primeiras histórias de um dos maiores super-heróis nacionais, baseado no Lanterna Verde e com visual de Ciclope dos X-Men. Criado nos anos 60: Roberto Sales, um tenente da Força Aérea Brasileira, foi escolhido pelos militares para ser o primeiro astronauta do Brasil. Ele decola o seu foguete Santos Dumont 1 e recebe um pedido de socorro telepático do moribundo E.T. Lid, de Saturno. Como forma de agradecimento pela ajuda, ele dá de presente pro militar o poderoso anel de energia negra antes de morrer. Quando Roberto volta pra Terra, ele usa secretamente seus incríveis poderes para salvar os fracos e oprimidos. Bônus: aventuras do Homem-Lua (!). Personagens do Ítalo-brasileiro Gedeone Malagola.



     Lady Death - da editora americana Top Cow, com arte do brasileiro Mike Deodato. Minissérie em 2 edições. Existe um longa animado da personagem, que conta a história que precede essas edições, vale a pena conferir.

10 de fev de 2012

Muito loucos!

      O acervo Gibiblioteca conta com uma edição muito legal, pra quem curtia o desenho na Mtv nos anos 90 (e agora estão de volta!), essa dupla de caras... hã... como dizer... idiotas!



       É o Almanacão Beavis e Butt-Head nº 1, lançado pela editora Escala já há um bom tempo, e produzido pela Marvel, com homenagens a alguns heróis.
       Como dizem que uma imagem vale mais do que mil palavras, pra terem uma noção do que é o gibi, escolhi a imagem abaixo:


3 de fev de 2012

O Deus do Trovão...

 ...em algumas imagens legais:

Visual clássico (anos 60)





Anos 80-90
Trovejante (Eric Masterson), uma variação do herói


                A Edição 5 da saudosa GHM, de 1984, trazia curiosidades sobre o personagem, texto sobre a cultura nórdica e histórias muito boas, que mostravam a mãe de Thor, Gaia, seu nascimento outros momentos que os fãs não conheciam da vida do herói. E uma viagem no tempo leva Thor a encontrar Conan, um episódio de "O que aconteceria se...". Nota 10! A capa foi produzida no Brasil.


                Uma piadinha pra fechar o post: