26 de dez de 2011

Fábulas

     Falo neste post sobre a sensacional HQ "Fábulas" ("Fables", no original), criada por Bill Willingham para o selo Vertigo, da DC. Em "Fábulas", os seres das histórias e contos de fadas vivem exilados em uma colônia secreta em Nova York, após seu mundo mágico ter sido dominado pelas tropas de um perigoso (e poderoso) inimigo conhecido como o Adversário.
    Esta colônia é chamada de Cidade das Fábulas, e é comandada por personagens como o Princípe Encantado (o prefeito), Bela (responsável pela administração) e seu marido Fera (o responsável pela segurança). Quando a série começou, a comunidade era liderada pela Branca de Neve e por Bigby Lobo (o Lobo Mau da Chapeuzinho Vermelho, que agora também pode assumir forma humana), mas com o decorrer das histórias eles casaram-se, tiveram 7 filhotes e deixaram suas posições oficiais de comando (embora continuem muito influentes). 



     Com inúmeros personagens conhecidos à disposição e tramas envolventes, repletas de ação, humor e terror, Willingham construiu uma série altamente recomendável para os fãs de HQs e de boas histórias.
     Até agora, já foram lançados 10 encadernados da série aqui no Brasil, que reúnem as 59 primeiras edições da série. Os 3 primeiros saíram pela Editora Devir (Lendas no Exílio, A Revolução dos Bichos e O Livro do Amor) e os 7 seguintes pela Panini (A Marcha dos Soldados de Madeira, Os Ventos da Mudança, Terras Natais, Noites (e Dias) da Arábia, Lobos, Filhos do Império e O Bom Principe). Além disso, a editora Pixel relançou o 1º volume, lançou os especiais "1001 Noites" e "O Último Castelo" e publicou alguns números em suas edições mensais com publicações da linha Vertigo.

     Algumas das sagas de Fábulas merecem destaque, e listo-as abaixo:

    O Último Castelo - esta edição especial mostra como caiu o último castelo que ainda resistia às forças do Adversário nas Terras Natais. A narrativa é emocionante, e mostra como várias fábulas tiveram que sacrificar-se para permitir que outras pudessem fugir para o nosso mundo.

 
    Terras Natais - o Garoto Azul (um dos mais corajosos moradores da Cidade das Fábulas) vai até as Terras Natais para tentar encontrar sua amada Chapeuzinho Vermelho. Lá, ele acaba descobrindo que o Adversário é - na verdade - uma marionete de Gepeto, o verdadeiro comandante das forças que dominaram o mundo das Fábulas. Usando a mesma madeira mágica que criou Pinóquio, Gepeto foi aos poucos ganhando poder ao substituir os reis e governantes por cópias criadas por ele.

     Noites (e Dias) da Arábia - a Cidade das Fábulas tenta forjar uma aliança com as fábulas arábes, e acaba enfrentando uma perigosa ameaça: um cruel gênio que só é detido graças à esperteza de Frau Totenkinder.
 
     Lobos e Filhos do Império - como uma resposta ao ataque dos soldados de madeira, Bigby Lobo é mandado às Terras Natais e desfere um feroz golpe contra o Adversário. Gepeto, então, decide planejar um contra-ataque contra a Cidade das Fábulas e o nosso mundo, contra-ataque este que envolverá pragas que podem acabar com toda a humanidade.
     Prenuncia-se, então, uma grande guerra entre as Fábulas que estão em nosso mundo contra as que permanecem nas terras natais. À espera das próximas edições, que prometem manter a excelente qualidade da série.



                                                           Leandro Vargas


          Mais uma colaboração do meu amigo Leandro, do blog Olhos Estranho (link aí do lado).

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Faltou atualizar um pequeno detalhe no texto: com o recém lançado volume 10, Fábulas chegou à edição 69 aqui no Brasil. Oops.

    ResponderExcluir