15 de out de 2014

QUADRINHOS POLICIAIS

Duas séries policiais distintas: Blacksad e Down – No Submundo do Crime.

      Na primeira, os personagens são animais humanizados, mas em momento algum a série se propõe a infantilidades. E também não chega a ser violenta demais. O texto é bem irônico, e a arte de alta qualidade. O gato John Blacksad investiga crimes e os soluciona com astúcia e um pouco de sorte. Na primeira edição uma atriz e ex-namorada do próprio John é assassinada. Na segunda, uma garotinha desaparecida leva o detetive a descobrir uma seita de animais de pêlo branco extremamente racistas, numa alusão à Ku-Klux-Klan. A obra é dos espanhóis Juan Díaz Canales (texto) e Juanjo Guarnido (arte). Na Europa saíram mais edições. No Brasil, só duas,  mas com muito estilo.



Da editora americana Top Cow, Down conta em dua edições a pesada história da detetive Deanna Ransome, que tentou salvar uma prostituta e botou a perder toda uma operação, e toda sua equipe foi morta. É suspensa e em seguida o tenente pede para que se infiltre na quadrilha mais perigosa da cidade, cujo chefe era um agente infiltrado que se corrompeu. Pra ela, que já foi abusada sexualmente e tem uma queda por violência, será uma tarefa fácil. Mas acaba botando em dúvida sua própria moral ao assassinar policiais corruptos. Ela reluta, mas seu lado sombrio supera os conceitos de certo e errado. Destaque para uma cena na primeira edição, onde vários bandidos tentam drogar a prostituta com muito crack para que ela “libere” para todos. Roteiro de Warren Ellis e desenhos de Cully Hammer.  


Concluindo,enquanto Blacksad de sustenta no roteiro, Down se sustenta na ação e na violência, mas ambas são muito boas.

Texto de 21/03/2011, do antigo blog.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário