18 de dez de 2015

Leituras de Dezembro 1

Sergio Aragonés Massacra a Marvel - achei numa banca que vendia gibis usados em Pelotas esta edição hilária que já tinha lido em scan. Uma piada atrás da outra sobre os clichês de quadrinhos de super-heróis.



Salvat Vermelha- O Tocha Humana (Jim Hammond)- anos atrás eu lamentei não comprar a minissérie, mas agora adquiri o encadernado com as histórias de um dos primeiros super-heróis da Marvel. Passando por várias épocas e mexendo com a cronologia do personagem, o vilão da vez é o Pensador Louco, e participam Namor, Centelha e o Tocha Humana do Qu4rteto Fantástico.










Salvat  - Novos X-Men: Imperial - embora seja a continuação de uma série revolucionária, não gostei muito desta parte, mais pelos desenhos que pelo roteiro, que também se arrasta um pouco. Os traços são bizarros, de ambos os artistas da edição. Vale como curiosidade. Que bom que não gastei com ela, a coleção é do meu irmão, hehe.





Salvat - Dinastia M - Não imaginava que fosse tão boa esta minissérie. Na época da saga, eu acompanhei a revista Universo Marvel (série1), mas é realmente interessante em vários aspectos, desenhos, ação, personagens e desdobramentos dramáticos. É chover no molhado, mas: Bendis é o cara!





Coleção Histórica Marvel - Quarteto Fantástico 2 - Bom, esta eu comprei pra finalmente ter completa, sem corte de páginas (inclusive prólogos e subplots), as edições que trazem a trilogia de Galactus (que já tenho em várias revistas). Mais uma vez também vem a história do Surfista Prateado com Quasímodo, e pela segunda vez no Brasil publica-se a história com Gabriel o Arcanjo (a 1ª vez foi em O Incrível Hulk, da ed, Abril nº 3,4, e 5) , que apenas é uma releitura da chegada de Galactus, cuja vilania Stan Lee e John Buscema tentam reaproveitar de maneira entediante, com muito drama e uma história arrastada. Muito texto e muita enrolação, uma colorização horrível de Galactus e um final bobo. Pô, e olha que sou fanático pelo Surfista e aprecio clássicos, mas que tava um saco de ler essa edição, isso tava. E ainda não entendo porque a coleção vem com as histórias fora de ordem, a edição 1 com histórias posteriores às da edição 2.






Um comentário:

  1. Os desenhos de Novos X-Men são horríveis mesmo. O problema é que o Frank Quitely atrasava muito e os substitutos não davam conta. No geral, gosto desta fase, mas com algumas ressalvas.

    ResponderExcluir