23 de set de 2011

INTRODUÇÃO À INCLUSÃO DIGITAL

       Olá leitores do blog e um alô especial aos colegas de curso. Estou neste momento em Rio Grande, na Escola Viva Zona Oeste, num curso de capacitação oferecido pela Secretaria Municipal de Educação de Rio Grande com apoio da UNDIME-RS.
       Esta postagem faz parte da tarefa do grupo azul, mediado pela professora Sônia Neves, coordenada pela professora Zaida Esteves. Fazem parte deste grupo, além de mim, Silvana Ericksen, de Turuçu, e Cácio Rabello, representando São José do Norte.
        Nossa tarefa é conceituar blogs - UNIDADE 3 DO GUIA DO CURSISTA.
        
        O quê? Para quê? Como?

        Conceito: blog vem de weblog - web (página de hipertexto na Internet) e log (diário) - é uma ferramenta de publicação gratuito na Internet. Textos, vídeos, mídias em geral.

      Pode-se utilizar não apenas como representação ao vivo da vida (conceito de diário) mas como meio de disseminação jornalístico, artístico, publicitário e pedagógico.
        
     A principal característica que dá ao blog uma popularidade maior é a FACILIDADE DE CRIAÇÃO - não requer linguagem de programação avançada.  Tem recursos bem variados e ferramentas fáceis de manipular, como layout pré-prontos, opções de links, pano de fundo, interatividade com leitores entre outros.

       PEDAGOGICAMENTE - O educador propicia através dos blogs com que os alunos aprimorem seus recursos linguisticos, como por exemplo produção textual, reescrita, leitura e reflexão crítica.

         Palavra-chave: multialfabetismos.

        CUIDADOS - não deixar blogs inativos, e orientar no uso dessas ferramentas de aprendizagem. 

        Como professores e adultos responsáveis, devemos conhecer para educar. 
         

         
       



          
PARA REFLETIR:
 Vida Chata

Céu azul, o menino pesca
No lago, sentado na pedra
À sua volta, a natureza
Em cores que nos revela
Que é tempo de primavera

Ao fundo, a casa de palha
Em volta umas três palmeiras
E a parede que é dos fundos
Coberta por trepadeiras

A casa foi construída
Por homens rudes do campo
Há um caminho, chão de areia
Que leva ao pé da montanha

No mato, os bichos se agitam
Menino segue pescando
Sonha com coisas distantes
Queria ter videogame
Celular, falar com a prima
Que não vê já faz um ano

Queria ter Internet
Só não sabe o que é, ainda
Mal sabe que na cidade
Enquanto pesca tranquilo
A prima que tanto ama
Que tanto mudou sua vida
Enquanto pensava nele
Foi atingida nas costas
       Por uma bala perdida.



       Abraço a todos os colegas de curso. Até a próxima etapa!

4 comentários:

  1. Olá Cassius adorei teu blog, vou visitar com meus alunos e publicar nas escolas do município.
    Abraço
    Nádia -Amaral Ferrador

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cássius!

    Parabéns pelo blog que expressa o trabalho desenvolvido com os alunos do teu município. Nas próximas oficinas de Linux, com os professores de São Lourenço do Sul, indicarei teu blog!!!

    Um abraço!!!

    ResponderExcluir
  3. Obrigado, valeu mesmo! É importante divulgar esta forma de arte tão rica: as histórias em quadrinhos.

    ResponderExcluir