11 de set de 2015

Livro: Adeus, fantasia!

     Na Feira de Incentivo à Leitura deste ano estarei divulgando a publicação de meu 1º livro, com textos que escrevi desde a adolescência, influenciado por leituras de livros, quadrinhos, músicas, letras, poetas clássicos, filmes e desenhos animados, além de sentimentos, amizades e experiências variadas. 
   Deste modo, este registro contará com crônicas, reflexões, poesias, contos, brincadeiras com as palavras e letras de música. 


PRÉVIA DA CAPA


    Desde que este blog é referente a meu projeto com histórias em quadrinhos, eis um poema cuja influência é direta de um de meus personagens preferidos da Marvel, o vilão Thanos, sobre quem já escrevi neste blog:




De Thanos – Memórias do Infinito


Misericordiosíssima Senhora Morte
Dama que rege meu azar e sorte 
Rogo por ti, me dê o alívio eterno
Leve-me logo para o cemitério.

Não posso suportar as mágoas dessa vida
O fardo de desilusões que para mim não finda
Faz-me ansiar o fim de tudo em breve
Que ao menos para mim a terra seja leve.

Eu sei que maculei a tua honra, amada
Usurpando o trono outrora sempre teu
Pois persiste o silêncio, não me dizes nada.

Todo meu poder, desta forma, é nulo
Se o afeto que tinhas por mim se perdeu
No abismo do esquecimento agora, pois, eu pulo.


         



Nenhum comentário:

Postar um comentário