4 de ago de 2018

Leituras de Agosto

Salvat Vermelha - Fugitivos - tinha muita curiosidade sobre esta série desde que foi lançada na coleção Pocket, muitos anos atrás. Assisti antes o seriado (que embora arrastado teve um final de temporada bem legal. Mas os quadrinhos realmente são muito bons. Histórias ágeis e personagens cativantes neste primeiro arco mostrado nesta edição - bem melhor que o seriado de TV.



 Universo Marvel 19 - última edição! Tinha mesmo que acabar! Era a quarta encarnação da revista que trazia história que não empolgavam. Inumanos VS. X-Men teve uma batalha desequilbrada pro lado dos mutantes, graças à Emma Frost, que armou a bagunça toda e ainda escapa no final. A única resolução definitiva foi a atitude de Medusa de salvar o lado mais prejudicado, mesmo com consequências para seu povo. Fabulosos Inumanos é uma piada, história boba, que chegou ao fim também, ainda bem! Nova teve um momento legal nessa revista, mas nada demais, pelo menos trouxe de volta o Nova original, Richard Rider.
     Mas... o que sempre me fez comprar a revista infelizmente também chegou ao fim; a série do Surfista Prateado escrita por Dan Slott e desenhada e colorizada por Mike Allred e sua esposa Laura. Divertido. Poético. Romântico. Magnífico. E melancólico também! Hora de dar adeus à Dawn (Aurora) Greenwood, numa história em que Norrin Radd tem que vivenciar milhões de anos de formação do universo em silêncio e anônimo, até seu tempo de existência chegar. A série toda é muito imaginativa! Espero que saia logo em formato encadernado! Acredito que com essa série, uma nova geração de fãs do Surfista nasceu, pois toda a melancolia do personagem ficou pra trás, graças a esse novo amor que o herói viveu! Agora, convenhamos, em todos os número em que foi publicada essa série, a Panini não colocou o Surfista Prateado em nenhuma capa! Muita sacanagem! Só fica presa em megassagas da Marvel e no núcleo Vingadores/Guardiões/X-Men! Por isso as séries não vendem bem e acabam zerando as numerações  toda hora!








Salvat Vermelha - Rocky Racum: com a primeira aparição em preto e branco como coadjuvante numa saga espacial tipo espada e magia, de 1976, e em seguida uma aventura com o Hulk que introduz o louco universo do personagem, que é explorado a seguir em 4 histórias de uma minissérie de 1985. Animais falantes, robôs conscientes, palhaços androides, macacos com bombas-banana e muito surrealismo desenhado por Mike Mignola e escrito por Bill Mantlo. Demorei a acostumar com o ritmo louco da história, mas no fim acabei gostando. Ninguém diria com essas histórias que o personagem seria o sucesso que é hoje no cinema! 

 


Coleção Histórica Marvel: Mestre do Kung Fu vol. 1 - O início da saga de Shang Chi. Se ainda hoje é ótimo, imagino dos anos 70 quando foi lançado! As lutas são fantásticas! Embora o vilão seja meio caricato e os chineses sejam colorizados numa cor amarelada demais, vale a pena conhecer ou reler este material, e este volume traz a caixa pra guardar a coleção! 





Salvat Vermelha - Capitão Bretanha: Por vezes chamado Capitão Britânia, Brian Braddock tem sua origem contada aqui, quando escolhe um amuleto em vez da espada, quando, à beira da morte, chega no Assento Assombroso, lugar de magia onde o Rei Arthur e os Cavaleiros da Távola Redonda se reuniam. Duas entidades o mandam fazer a escolha para se tornar o campeão do Reino Unido da Inglaterra. Em seguida é mostrada uma aventura em parceria com o Homem-Aranha (contra o intragável Arcade e seus fliperamas mortais) e depois uma minissérie que se passa durante a Invasão Secreta dos Skrulls, onde o Capitão morre mais uma vez e é ressuscitado mais uma vez por Merlin. Edição meio sem sal, vale só pela origem do personagem. Erros de português quando a entidade feminina citada fala "Tu diz", onde o uso correto do pronome é "Tu dizes". O resumo da saga do personagem no final da edição é totalmente confuso e com uma tradução meio truncada, até chamam Alison Blaire, a conhecida personagem dos quadrinhos Cristal, de Rutilante!

 




































Salvat Vermelha - Vingadores da Costa Oeste: trazendo a minissérie em 4 edições com a estreia da equipe, quando o Gavião Arqueiro e Harpia convocam Magnum, Tigresa, Homem de Ferro (Jim Rhodes), e interagem com Mortalha, que se nega a ingressar na equipe. Enfrentam o vilão Vazio e o poderoso Graviton, numa história leve e com desenhos bonitos. Em seguida mais 3 histórias de outra fase, já com Mulher-Aranha, Feiticeira Escarlate, Agente Americano e Relâmpago Vivo na formação, quando lutam contra Ultron e Alkhema com ajuda do Visão em sua versão fria e insensível.

 






 Salvat Vermelha - O Sentinela: A estreia do personagem numa série em 5 edições e mais 5 histórias fechando a origem e destino do personagem. Nunca tive simpatia pelo personagem, talvez por ser poderoso demais ou pelo traje antiquado, mas eu não conhecia bem sua origem, e nesta série original de 2000 e muito bem escrita, entende-se porque os autores quiseram reutilizá-lo alguns anos depois. Mais um personagem maluco da Marvel, criado numa estratégia de marketing e com graves problemas pessoais.





 Lendas do Universo DC - Mulher -Maravilha 3: este volume achei mais fraco que as outras edições, com uma aventura contra a misteriosa Cisne Prateado numa trama dramática, um quase romance entre Diana e o Superman da revista Action Comics, e depois enfrentando, na parte mais maçante da série, a bruxa Circe, a serviço da deusa Hécate. Nos extras, fichas dos personagens da série, com texto repetitivo, já que todos estão envolvidos na mesma origem contada na edição 1 e 2.






Salvat Vermelha - Academia de Vingadores - apresentando novos heróis adolescentes criados em 2010. Manipulados ou torturados por Norman Osborn, e com potencial para serem grandes vilões, os jovens Véu, Radiação, Tática, Vigoroso, Réptil e Chocante. Embora o conceito e poderes abusem dos clichês, a série é bem escrita e traz momentos interessantes nesses 6 primeiros números. Treinados pelo Vespa (Hank Pym), Justiça, Speedball e Tigresa, com participação de outros vingadores, eles descobrem fatos nada agradáveis sobre si mesmos, enquanto fazem amizades e revelam seus próprios dramas pessoais. Nota 7!

 


O Exterminador do Futuro: 2029-1984 - reli esta edição, com acabamento de luxo, papel especial, capa cartão, com marcadores, que tentam justificar o seu alto preço de R$ 49,90. Lançada em 205, é sim uma bela edição e traz uma boa história, mas o preço é exagerado. Aqui é revelado que Kyle Reese, após os eventos do filme original em 1984, não havia morrido e sim capturado e usado para fornecer informações sobre a Cyberdyne e a Skynet. Assim, em 2029, já velho, ele convence o jovem Ben, seu amigo de juventude, a voltar no tempo para resgatar a sim mesmo. Depois de John Connor enviar o jovem Kyle para proteger Sarah, o velho Kyle envia Ben a 1984 também. Ele tem sucesso, e Kyle descobre que é pai de John, vivendo ainda por um breve período ao lado de Sarah e Ben, dano origem à resistência, antes mesmo do surgimento da Skynet. Uma mexida interessante na história original, sem alterar de fato o que ocorreu nos filmes.






Mônica 54 (Panini) a edição 500! - Com duas histórias especiais comemorativas da 500ª edição da Mônica, somando os 200 números da Editora Abril, 246 da Editora Globo e os 54 da Panini. Bela edição com várias homenagens a histórias, capas e personagens clássicos de diversas épocas, desde 1970! Mas o Xaveco  voltando no tempo para roubar o luar da Mônica foi genial!





Ultimate Marvel 23 - edição de maio de 2012 que me foi doada recentemente. Peter Parker vai ao encontro de J. Jonah Jameson, que descobriu sua identidade como Homem-Aranha e quer ajudá-lo de qualquer maneira, pois admira suas ações e caráter após ter sido salvo por ele. Peter encontra a desaparecida Kitty Pryde e reata o namoro com Mary Jane, tudo às vésperas do início da saga "A Morte do Homem-Aranha", que na primeira parte apresenta a fuga de Norman Osborn (Duende Verde, em sua versão monstrusa do universo Ultimate) da prisão, juntamente com Electro, Octopus, Kraven, Abutre e Homem-Areia. Em seguida, um capítulo de Vingadores Versus Novos Supremos, onde Nick Fury recruta Blade e o Justiceiro, que enfrentam um tal Tyrone Cash, intitulado "o primeiro Hulk", que revela que Carol Danvers é uma traidora e vende segredos de estado a outros países.



Nenhum comentário:

Postar um comentário