9 de fev de 2013

Ciência dos Heróis (7) - Aquaman e Tempestade


AQUAMAN



        Ele tem a habilidade de respirar tanto o ar da atmosfera terrestre como debaixo d’água.  Para um humano, retirar oxigênio direto da água é impossível, mas nós também podemos respirar líquidos.



        Perfluorcarbono - substância transparente e insípida que tem altíssima concentração de oxigênio. Em experiências, animais chegaram a respirar submersos em perfluorcarbono por períodos longos. Mas o líquido é muito mais denso do que a água, o que traz complicações.  A medicina estuda maneiras de usá-lo em casos de pacientes que precisam de aparelhos para respirar.

        
     Para se ter uma ideia, nas fotos a seguir mostram-se ratos respirando mesmo estando submersos nesse líquido. Quando ele é retirado, o líquido evapora de seus pulmões e eles voltam a respirar normalmente: 



fonte: http://www.mundoeducacao.com.br/quimica/uso-haletos-organicos-como-substitutos-sangue.htm



                     TEMPESTADE (X-MEN)






          O químico Atílio Vanin tem uma teoria sobre a levitação de Tempestade. “Pode ser que ela quebre as moléculas de água do corpo”.  

        Dessa reação sobram oxigênio e hidrogênio, gases bem leves. Como mais de metade do organismo é pura água, há moléculas de sobra para a heroína quebrar. Assim, ela flutuaria feito um balão de gás. 

        Controlar o clima é mais complicado. “É possível apressar a chuva quando o céu está fechado”, afirma o meteorologista Mário Festa.  Para tanto, bombardeia-se as nuvens com cristais de iodeto de prata. A água gruda nos cristais até que tudo despenca.













fonte: http://super.abril.com.br/ciencia/desvendando-mutantes-441552.shtml
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário