15 de jan de 2013

Clássicos do Superman (ou Super-Homem)!

   Com essa mania de scans, consegui muitas edições que havia lido há muitos anos e outras que nunca havia colocado meus olhos. Como nunca fui de colecionar quadrinhos da DC (mesmo porque a grana não dava pra comprar tudo que gostaria), agradeço à era digital por poder ler alguns especiais e séries so Super-Homem que aqui comentarei:

Super-Homem 100 - embora a capa faça uma bonita propaganda e os desenhos sejam bons, a história tem um ritmo lento para os padrões atuais, com um Superman que se afasta pouco a pouco da humanidade, possuído pela consciência kryptoniana computadorizada chamada Erradicador.




Superman  - O Homem de Aço - encadernado com histórias de John Byrne, quando reformulou o herói da DC dando uma cara de Marvel ao Super em 1986. Eu só tinha ouvido falar da série, mas agora pude novamente constatar a qualidade deste autor e desenhista excepcional.



Super-Homem VS Aliens - em 3 edições, ao tentar salvar uma cidade aparentemente kryptoniana que flutua  no espaço, o Superman, com esperança de encontrar membros de sua raça, acaba ficando preso num ambiente sem luz solar, o que enfraquece seus poderes pouco a pouco. Detalhe: o local está infestado de Aliens. Muito bom! Suspense e ação como nos melhores quadrinhos e filmes.



Superman - A Última Chama - num futuro pós apocalíptico, um Superman sem poderes, tenta sobreviver e ajudar a reconstruir a civilização, com ajuda de alguns poucos sobreviventes, entre eles super-heróis.



Superman/Shazam - O Primeiro Trovão - a história modernizada dos priemiros encontros entre o Super e o Capitão Marvel. Primeiro o Capitão ajuda a combater inimigos com origem na magia, depois é a vez do Capitão receber apoio do Super quando comete um erro que vitima um amigo do menino Billy Batson.



O Incrível Hulk VS Superman - Esse curioso crossover Marvel/DC, com desenhos que não ajudam ao tentar retratar a arte dos anos 1950 e 1960, se passa num universo onde os dois personagens são de um mesmo universo, diferente dos encontros recentes de personagens das editoras rivais. O Super relembra com Lois seus primeiros confrontos com o Hulk. Edição sem muitos atrativos, embora seja um embate sonhado por fãs de quadrinhos há anos. Podia ser beeeeeeeemmm melhor!!



Super-Homem VS Apocalypse - A Revanche - em 3 edições, mostra  um reencontro entre os combatentes depois da morte e retorno do Super. Inadvertidamente revivido por trabalhadores de uma nave transportadora que ia para Apokolips, o Apocalipse arrasa com Darkseid. É conhecida a origem do monstro, que aprende a cada derrota, o que faz o Super-Homem precisar de uma ajudinha da caixa materna (um computador vivo), e de Tempus (um humano compoderes cósmicos e guardião do tempo) para derrotar o inimigo, que é lançado no momento do fim do universo. As capas laminadas eram um espeáculo para os colecionadores...



Super-Homem - O Retorno de Apocalypse - Depois de um evento chamado Zero Hora, que mexeu nas estruturas do tempo e do espaço, o pior inimigo do Super volta, agora com inteligência e aliado a Brainiac. Ele ataca o Super num momento crítico, quando ele levava o filho prematura de sua amiga Lana Lang para um hospital especializado, única chance da criança sobreviver. Ponto pro argumentista Dan Jurgens, que colocou um elemento humano para dar o tom dramático da história, que não fica só no quebra-pau. Vimos aqui questionamentos do Super-Homem, que havia anteriormente falhado em salvar outro menino, Adam, filho de sua colega jornalista Cat Grant.


Um comentário:

  1. LEGAL!
    Eu li essas revistas on-line no site http://www.homemdeaco.com.br

    ResponderExcluir